Em 1999 abrimos as portas do nosso primeiro restaurante em Curitiba na Rua Jaime Reis, em frente à praça João Candido, a conhecida praça das Ruínas de São Francisco. Era o início do Restaurante Durski.

Fazia pouco tempo que tinha deixado de trabalhar no ramo madeireiro. Em 1984, com 22 anos, fui morar na Região Amazônica e me dediquei ao trabalho com serrarias. Como em Machadinho do Oeste, pequena cidade de 3 mil habitantes no estado de Rondônia, não existiam restaurantes, precisei cozinhar. Fiz minhas refeições todos os dias, durante 15 anos. Cozinhando este tempo todo, peguei gosto pela cozinha e aprendi as técnicas.

Em 1999, quando saí de Rondônia e vim para Curitiba, além do restaurante, dividia meu tempo com as atividades em um escritório e na indústria madeireira, em Cuiabá. Trabalhava 20 dias em Cuiabá e passava 10 dias em Curitiba. Em 2005 inaugurei o primeiro Madero, exatamente ao lado do Durski. No início, os dois restaurantes não prosperavam. Acredito que naquela época a localização não favorecia. A praça não tinha nenhuma segurança e o local era pouco frequentado.

Segui com meus propósitos. Em 2007, inaugurei o Madero no Shopping Palladium. O restaurante também não ia bem e dava prejuízo tanto quanto os outros dois. Em 2008 decidi abrir o Madero no Shopping São José e, em 2009, foi a vez de Balneário Camburiú. No ano seguinte, inauguramos o Madero no Shopping Estação. Mesmo com os investimentos, os resultados financeiros eram negativos e eu somava prejuízos.

Mas eu tinha convicção que os nossos restaurantes eram muito bonitos, que o atendimento era bom e, principalmente, a comida era excelente. Ficava me perguntando o motivo de não dar certo e dos clientes não frequentarem o Madero.

Resolvi diminuir o preço dos produtos. Em agosto de 2010, reduzimos 40% do valor e a partir da mudança os negócios decolaram. As vendas cresceram 400% já no primeiro mês. Abandonei então a atividade madeireira e me dediquei exclusivamente ao Madero. De lá pra cá crescemos muito. Hoje temos mais de 140 restaurantes próprios, não trabalhamos com o modelo de franquias, somos um time de 6.000 pessoas muito motivadas, que comungamos de uma mesma crença. Acreditamos que a alta qualidade é essencial para o nosso negócio dar certo!

Temos certeza que se algum negócio tiver uma excelente qualidade e preços razoáveis, dará certo. Temos consciência que devemos cumprir com as regras, pagar todos os impostos, respeitar o meio ambiente, servir comidas saudáveis, usando a menor quantidade possível de gorduras e, se possível, nenhum tipo de conservante químico, para manter perante aos nossos clientes e ao mercado brasileiro, a marca de qualidade do Madero.

Um dos nossos cuidados principais é com o hambúrguer: a quantidade de conservante é exatamente zero.  Outro fator essencial para prosperar, é cuidar muito bem dos nossos colaboradores, pois são eles que atendem nossos clientes. No Madero lembramos constantemente a seguinte frase: Funcionário Feliz, Cliente Satisfeito.

Acreditamos também que devemos ouvir muito os nossos clientes e, para isso, precisamos ser acessíveis. Também faz parte da nossa missão participar e fazer parte da nossa comunidade, das cidades onde estamos, colaborando sempre que possível. Enfim, acreditamos que com muita qualidade e respeito às regras estabelecidas, o negócio prospera. Para alcançar esse objetivo trabalhamos arduamente, mas com tanta alegria que, para nós, isso tudo é uma grande diversão.

E, por fim, rezar e agradecer ajuda muito!

Junior Durski